top of page

Ecocardiografia Transesofágica

A TEE é frequentemente utilizada em intervenções cardiotorácicas para identificar fatores de risco, como aterosclerose aórtica, antes de qualquer manipulação envolvendo a aorta e suas estruturas relacionadas. A TEE tornou-se uma importante ferramenta não invasiva para diagnosticar patologias agudas da aorta torácica.

‘Ponto cego’ do TEE
Devido à posição da traqueia cheia de ar, entre a aorta torácica e a sonda TEE, a visualização da aorta ascendente distal e (DAA) e do arco é limitada. O DAA é a parte onde ocorre a canulação e o pinçamento cruzado e onde as placas ateroscleróticas são mais prevalentes como fonte de embolias conhecidas por serem causa de acidente vascular cerebral.

TEE modificado A-View
O cateter balão A-View é inserido através do tubo endotraqueal. O preenchimento do balão com solução salina elimina o ar da traqueia, permitindo a condução do eco pela traqueia e a visualização de todo o arco aórtico e origem das artérias cerebrais. Portanto, uma visão completa da aorta torácica e dos vasos ramificados pode ser alcançada antes mesmo da incisão cirúrgica, da esternotomia ou do início de qualquer intervenção não cirúrgica.

bottom of page